jump to navigation

Politicagem sem-vergonha 30/04/2009

Posted by blogdolevitrindade in Atualidades, Geral.
Tags: , , , ,
2 comments

Os políticos ainda tentam se livrar do escândalo das passagens aéreas, minimizando a safadeza que rolou solta em Brasília. Porém, não quer dizer que isso vai acabar. O que eles dizem é que vão tomar mais cuidado com a finalidade da emissão das passagens e que vão ficar de olho nos abusos.

Mas como todos lá são macacos velhos, até parece que não iam dar um jeito de sair lucrando com a história. Já que vão ter de ceder no lance das passagens, os bonitões planejam um substancial aumento de seus salários, chegando a valores que fariam corar os gângsteres norte-americanos da época da Lei Seca. Como são espertos, vão deixar a situação esfriar e votar o aumento mais pra frente.

Agora, cá entre nós, eu e você que pagamos impostos (e que tivemos até hoje pra fazer nossa declaração) somos obrigados a arcar com esses bandidos de terno que dizem atuar a favor do povo e cada vez mais nos espoliam sem dó!

O enigmático VEstava na hora de aparecer um revolucionário como o protagonista de V de Vingança, obra seminal do roteirista britânico Alan Moore, para dar um jeito nessa corja. Enquanto isso não acontece, dê uma olhada no vídeo abaixo, no qual o jornalista Luiz Carlos Prates fala tudo o que eu gostaria de dizer a respeito daquele bando de parasitas!

Anúncios

Fim da farra das passagens aéreas no Congresso? 22/04/2009

Posted by blogdolevitrindade in Geral.
Tags: , , ,
add a comment

O deputado Michel TemerBom, todo mundo já deve saber que está rolando um escandâlo (mais um) referente a passagens aéreas usadas por amigos e parentes de parlamentares. Agora, o presidente da Câmara, o deputado Michel Temer – ele também um dos implicados na situação -, avisou que regras mais rígidas serão colocadas em prática, começando por um veto pelo uso das passagens por parentes e amigos dos políticos.

A medida visa melhorar a imagem da Câmara, bastante arranhada por uma série de escândalos (todos envolvendo o nosso suado dinheirinho, utilizado para fins escusos).

A situação andava tão ruim, que, alguns dias atrás, os deputados chegaram a cogitar o fim da verba indenizatória a que tem direito: R$ 15 mil por mês, além do salário de marajás que já recebem. Mas é claro que nossos políticos não são assim tão altruístas…

Caso a verba indenizatória fosse extinguida, eles já estavam preparando um aumento de salário por volta de 50%. Ou seja, nós dançaríamos mais uma vez.

Essa raça de políticos só quer saber de relaxar e gozar. Vou te contar!